Direitos Humanos e Justiça - Gênero - Questões Sociais

Uma vida de Militância

Os sucessos de Antonio Serzedelo em defesa dos Direitos Humanos.

Antonio Serzedelo – Licenciado em história pela Universidade de Lisboa, nascido em 1945, fez os estudos liceais em Lourenço Marques, Moçambique.

Formação em jornalismo com um estágio, no Centre de Formation de Journalistes do “Le Monde-Paris, 1974. É o mais antigo militante activo, da causa homossexual em Portugal, pois foi um dos subscritores e dos mentores do 1º documento fundador desta causa, o Manifesto “Liberdade para as Minorias Sexuais”, lançado em Maio de 1974, e publicado no jornais “Diário de Lisboa”, e “Diário de Notícias” de Lisboa. Provocou uma reacção muito dura na época, da parte do General Galvão de Melo, membro da Junta de Salvação Nacional do 25 de Abril, que veio à RTP, então única tv, afirmar que o 25 de Abril não se fizera para os homossexuais e prostitutas reivindicarem.

Foi Presidente do ”Comité Portugues de Direitos Humanos do Povo Palestiniano” durante 10 anos, até 1992. Fundador da Associação Opus Gay – associação independente, fundada em Junho de 1977, pela defesa dos direitos humanos das minorias sexuais. Deixou a presidência algum tempo. Foi fundador do único programa de rádio gay português, regular, “Vidas Alternativas” na rádio Voxx em 1999, ainda emitido semanalmente por várias rádios universitárias, e locais, de Norte a Sul do país, que hoje continua noutros moldes.Esteve num movimento na luta contra a pedofilia em Lisboa.

Capturar

Website: http://www.vidasalternativas.eu/

Participe
Veja Mais

Antonio Serzedelo e Raquel Reis

Entrevista

Uma entrevista feita por Antonio Serzedelo.