Gênero - Religião

Feministas e religiosos

eles podem se entender?

.

Os movimentos sociais no Brasil muitas vezes tratam a doutrina religiosa como um obstáculo para o sexo seguro e para o feminismo. No Brasil, onde 74 por cento da população (135 milhões de pessoas) é católica, a Igreja Católica moldou crenças culturais brasileiras por mais de 500 anos. Os jovens são criados sob estrita doutrina católica e não são informados sobre outras religiões ou sobre a origem, a história e o contexto da Igreja Católica.

As religiões são profundamente importantes na história, cultura e imaginário social, portanto influenciam nosso cotidiano, comportamento e decisões. Consideramos que as religiões devem ajudar as pessoas a terem uma vida digna e saudável, e não dificultar sua autonomia e liberdade, especialmente em relação à sexualidade e reprodução. As atividades do grupo Católicas pelo Direito de Decidir são direcionadas para as mulheres, jovens, LGBTs e negros, pois acreditam ser essencial o fortalecimento destes grupos sociais, sejam eles organizados ou não, para que possam construir uma sociedade plena de direitos e livre de preconceito, violência. Dedica-se à promoção da cidadania e do reconhecimento dos direitos sexuais e direitos reprodutivos como direitos humanos.

15

WebSite: hhttp://catolicas.org.br/

Veja Mais

Violência no meio religioso.

A Juventude e os desafios conservadores